sexta-feira, 11 de maio de 2012

De volta ao Propósito!

Dei por mim nestes últimos dias, a pensar que das muitas pessoas que falaram recentemente comigo (jovens e não jovens), nenhuma pediu oração/ajuda, para ser um(a) EVANGELISTA um GANHADOR de vidas para Jesus!!!


Muitos desejam e bem, ser baptizados/cheios do Espírito Santo, usados por Deus com dons espirituais, ser revestidos de poder, ouvir a voz de Deus, ter experiencias sobrenaturais, etc...


Muitos querem ser usados no louvor, na ministração da Palavra, ..., numa perspectiva somente para dentro das 4 paredes da igreja.

Estou super farto de ouvir, frases feitas que emocionam o povo, tais como, somos a geração de profetas, somos a geração de Samuel, de Elias, Josué, Moisés, ..., eu não sei bem o que isso???

Sempre que acaba um retiro, um culto especial de avivamento..., analiso que os que ministraram (louvor, pregação, oração e intercessão), ficam com um sentimento de “dever cumprido”, o culto, o retiro, o evento, foi extraordinário, Deus baixou com o seu poder, vimos a Sua gloria... Não sei, se serei o único, mas o meu sentimento depois desses eventos é: O QUE É NÓS VAMOS FAZER AGORA COM TUDO AQUILO QUE DEUS TROUXE ÀS NOSSAS VIDAS???? 

Penso que o nosso problema, é confundirmos os meios com o FIM (propósito)!!!

Eu quero buscar de Deus para a minha vida, todos os meios (Revestimento de poder, autoridade, fé, dons, ousadia,..), que ELE colocou ao meu dispor, PARA ALCANÇAR O FIM, QUE É O DE EVANGELIZAR O MUNDO PERDIDO!!!

Alguém disse: que se a igreja estivesse na terra por causa dos meios, já há muito tempo que teria sido levada para o céu. Porque lá, louvamos e adoramos melhor, receberemos por toda a eternidade revelações sobrenaturais, ouviremos todos os dias a voz de Deus, e veremos Deus face a face.
A igreja está na terra para cumprir o propósito, que é o de levar a mensagem do evangelho por todo o mundo.

Ao meditarmos sobre as parábolas de Lucas 15 (os três perdidos – ovelha, moeda e filho), verificamos que a maior expressão de alegria que uma igreja pode experimentar, é a alegria de ver um pecador arrependido, sendo achado.
Eu já tive a oportunidade de evangelizar pessoalmente muitas pessoas e de ver algumas delas a tomar a decisão de receber Jesus, e digo-vos que não há maior alegria, e quero continuar a experimentar esse regozijo!

Se tivesse ao meu alcance, eu não daria oportunidade de servir na igreja onde sou pastor, a todos aqueles que não são luz e sal, que se envergonham do nome de Jesus, que dão mau testemunho e depois vêm para a igreja dar lições de espiritualidade, que não se preocupam com os perdidos…

Eu gosto muito da passagem de Marcos 16.20:
“Ora, o Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu, e assentou-se à direita de Deus.
E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém.”
Porque os discípulos obedeceram à ordem de Jesus, os sinais de Marcos 16.17 (falar novas línguas, curar enfermos,…), cumpriram-se!!!

Eu pertenço, quero pertencer à GERAÇÃO DE “PESCADORES DE HOMENS!!!, a única que faz sentido no novo testamento, porque é aquela que abrange todas os crentes”

Para todas as gerações, Deus sempre derramou do seu poder, mas aquilo que faz a diferença e alimenta um verdadeiro avivamento é o cumprirmos a ordem de Jesus de pregar o seu evangelho, até aos confins da terra!

A minha geração não fugiu à regra de Deus. Eu fui baptizado com Espírito Santo, num retiro do campo bíblico, com 13 anos de idade. Sem dúvida que foi um tempo onde Deus derramou de uma forma extraordinário do Seu poder!
Agora, o que é que a minha geração fez com esse poder???
Alguns se desviaram, outros servem na igreja de uma forma irrelevante, outros são pastores, diáconos, cooperadores…, mas quantos são Missionários, Evangelistas, quantos de uma forma visível e relevante, têm marcado e influenciando as pessoas à sua volta????

Termino com um apelo de todo o meu coração:
O meu desejo e oração, é para que a minha geração, as gerações mais novas e mais velhas, possam ser verdadeiras gerações de evangelistas e discipuladores!!!

Muitos de nós, fomos “formatados” no sentido de tentarmos levar as pessoas à igreja (culto), para que possam ouvir a Palavra de Deus e no fim o pastor orar por elas para serem salvas e curadas!
Do tipo, vou dar bom testemunho e pode ser que eu tenha algum dia, a oportunidade de levar alguém à igreja!

Está certo, mas acredito que o Desafio de Deus para a Sua igreja, é que cada crente se torne um discipulador, e que na escola, trabalho, lugar da habitação, evangelize, ore pelos enfermos, ensine a Palavra, leve as pessoas a fazerem a oração da salvação (invocar o nome de Jesus), seja luz e sal, e depois e de uma forma natural a pessoa acabará por se integrar na igreja!

Obrigado por lerem o meu desabafo e acredito num avivamento para os dias de hoje, marcado pela evidência real e pratica de todos meios que Deus colocou ao nosso dispor, para que juntos possamos alcançar o propósito de ganharmos este mundo para Jesus!

Deus vos abençoe
Miguel Cartaxo
11.05.12

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Glórias a Deus pela sua visão , realmente o papel do cristão vai muito além da igreja; é sermos igreja por onde passarmos; levando Cristo em nosso viver , nos relacionamentos , nos lugares de trevas; para que a Glória de Deus se revele ! O mover é real e os sinais seguem os que vão em Nome de Jesus!
    Deus abençoe .

    ResponderEliminar